LibertadoresArquivo

Com “este” 3-5-2, o Inter não irá longe

Quem lê atentamente este espaço sabe que, diante das características dos jogadores do elenco, sou um defensor do 3-5-2 para o Inter. Entretanto, isso não me impede de criticar a forma como o esquema tem sido testado por Diego Aguirre. Jogar em …

Empate de fralda, com um jogador a mais

O Inter conseguiu um pontinho de fralda contra o Emelec. Mais uma vez, teve atuação inferior à do rival equatoriano, que só não fez seis em seis pontos contra o time colorado porque possui algumas limitações gritantes. Particularmente, eu temia que o …

Péssimo futebol, ótimos 3 pontos

Durante a semana, alguns colorados pareciam sestrosos, quase amedrontados com o jogo diante do Emelec, no Beira-Rio. E eu pensava comigo mesmo: “Não, né? Não dá pra temer o Emelec, freguês histórico do Inter”. Pois bem, reconheço meu engano. Os desconfiados estavam …

O queridinho do treinador

Originalmente atacante. Depois, recuado para uma posição de meio-campo. Preferencialmente pelo setor esquerdo. Desacreditado pela torcida. Bancado pelo treinador, tomado por avassaladora paixonite. Um titular injustificável. Ou melhor, justificável, com o velhíssimo jargão: “Ele é óóóóóótimo taticamente”. Logo na segunda rodada da …

Vitória do desafogo

O Inter precisava de uma vitória como a desta noite. Sob pressão, com Beira-Rio lotado, diante de um adversário que está longe de ser galinha morta, o Colorado correspondeu. Jogou bem, teve imposição, mostrou quem manda na casa. Isso não significa que …

A primeira decisão do ano

O jogo do Inter diante da Universidad de Chile esta noite, no Beira-Rio, pode ser considerado a primeira decisão colorada neste ano. Não chega a ser um jogo de vida ou morte. Mas é sem dúvida jogo de vida ou tubos. Qualquer …

O que realmente importa em La Paz

Não me importa que Alisson seja o melhor em campo. Não me importa que os zagueiros não sejam uma maravilha. Não me importa que Léo e Fabrício errem todos os cruzamentos. Não me importa que Nílton perca o tempo de bola, nem …

Uma semifinal fictícia

Após o 0x0 em Belo Horizonte, o jogo de ontem no Beira-Rio haveria de ser de uma contagiante eletricidade nervosa. Era jogo de fio de navalha. E foi de uma intensidade espetacular. Semifinal de Libertadores só pode ser isso. O Gigante lotado …